sexta-feira, 16 de março de 2012

Ex-pastor presbiteriano e episcopal, causa polêmica em programa de TV


O Rev. Martorelli Dantas, ex-pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil e ex-pastor da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, foi o convidado do programa Consensus, da TV Nova Nordeste, canal 22 UHF de Recife/PE, no dia 06/02/2012. Com a apresentação do Pr. Roberval Góis, o programa é considerado um dos mais polêmicos da sua história.

No programa, o Rev. Martorelli critica asperamente o calvinismo, algo que ele já fazia quando era pastor presbiteriano, chamando-o de farisaico. Critica também o ensino de um inferno para pessoas não-arrependidas. Fala também que na sua concepção, não existe inferno como um lugar que "arde com fogo e enxofre". O evangelho que ele crê não precisa de um fogo eterno, uma condenação eterna. Deus é somente amor, graça e misericórdia.

O "inferno" que ele acredita é somente um estado de alienação da comunhão com o Pai. É apenas um estado de consciência longe de Deus, e não um lugar que foi "preparado para o diabo e seus anjos".

O reverendo também fala de uma "falsa interpretação" que os escritores vétero-testamentários fizeram das revelações de Deus ao escrever o Antigo Testamento. Deus nunca mandou matar povos inteiros, com suas mulheres, velhos e crianças. O problema estava numa falsa hermenêutica que os profetas fizeram das revelações divinas com o propósito de "justificar" suas expansões territoriais nas guerras.

Veja abaixo um trecho do programa:



Fonte: Eleitos de Deus

__________________________________


O sr. Martorelli fez muito bem em partir para a carreira do Direito, porque em se tratando de Teologia, ele está completamente equivocado. Fico imaginando o quanto mal ele causou nas diversas turmas que ensinou no Seminário Presbiteriano do Norte (SPN), em Recife/PE, com seus pensamentos perniciosos, teologicamente falando. Sua eloquente dialética pode até parecer transmitir a verdade, mas traz consigo uma teologia absurda e irreverente, que encontra  abrigo de acordo com o bel prazer do "fiel".


Martorelli postula uma teologia relativista, universalista, onde as doutrinas do justo juízo divino e da condenação eterna dos ímpios não encontra guarida. Com suas novas posturas, Martorelli se associa a grupos sectários heréticos, onde rejeita peremptoriamente as Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática, negando sua infalibilidade, bem como a exegese histórico-gramatical, optando por um estranho método pós-modernista de hermenêutica que constrói pensamentos muito semelhantes àqueles defendidos e pregados pelo teísmo aberto.


Este senhor deixou a Igreja Presbiteriana do Brasil e se uniu à Igreja Episcopal Carismática do Brasil (uma espécie de anglicanismo pentecostal). Mas, também não permaneceu no meio episcopal. Segundo seu blog pessoal, ele é hoje "Mentor da Estação da Zona Sul do Recife, do Caminho da Graça", a igreja que não é igreja (ou seria a nâo igreja que é igreja?) fundada pelo Rev. Caio Fábio. Que Deus tenha misericórdia dele e de todos nós.

2 comentários:

  1. Tenho pena desse coitado, O próprio JESUS falou mais do INFERNO que do próprio CÉU. Vai ler a BÍBLIA tolo.

    ResponderExcluir
  2. Martorelli é um iluminado. Ele fala do verdadeiro evangelho, do evangelho que não precisa se inpregnar da maldade humana para fazer sentido na sua interpretação. É o evangelho que se basta, e a Bíblia, quando interpretasda sem paixões e pressupostos mostra a verdade de que Deus amou o mundo e não somente uma classe privilegiada.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...